sexta-feira, 24 de novembro de 2017

OUTRO ACIDENTE GRAVE EM PALMEIRA DOS INDIOS

Vítimas de grave acidente em Palmeira dos Índios são identificadas

As vítimas do grave    acidente que matou todos ocupantes de um carro, após colisão com um caminhão na BR-316, em Palmeira dos Índios, na tarde dessa quinta (23), foram identificadas no IML de Arapiraca, no Agreste, na manhã desta sexta-feira (24).

Elas foram identificadas como Diego, de 26 anos, que era o motorista, Tereza Rodrigues, mãe de Diego, Auricélia e seus dois filhos, Lucas e Emanuel, de 19 e 15 anos, respectivamente.
Cinco pessoas morreram carbonizadas, e não quatro como havia sido divulgado inicialmente. O carro era um Pálio vermelho, que incendiou e foi destruído pelo fogo, após a batida. Segundo informações da Rádio Pajuçara FM Arapiraca, todos eram de Maceió, moravam na Forene, e estavam a caminho de Campina Grande, na Paraíba. Eles teriam saído da capital alagoana ontem por volta das 13h para o aniversário da mãe de Auricélia, de 79 anos, e iriam dormir em Bom Conselho, para depois seguirem com a viagem.
O acidente
Os ocupantes do Palio morreram carbonizados após o carro incendiar, por conta da colisão. O carro invadiu a pista contrária e colidiu frontalmente com um caminhão, a cerca de 105 km da capital alagoana.
Segundo a assessoria da Polícia Rodoviária Federal (PRF/AL), o motorista do caminhão ainda tentou desviar para o acostamento, mas não conseguiu evitar o acidente.
O incêndio foi controlado e o caminhoneiro, de 36 anos, foi conduzido à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com escoriações leves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário