O Brasil deixou de figurar no mapa em 2014 - quando foi constatado que menos de 5% da população estava em situação de vulnerabilidade extrema


 Um relatório entregue às Nações Unidas em julho e assinado por 40 ONGs que atuam no País, entre elas o Ibase e o ActionAid, foi quem primeiro fez o alerta sobre o aumento da fome.
 Ao avaliar as políticas usadas para alcançar as metas do milênio das Nações Unidas, o relatório revela que o risco se deve a uma combinação de fatores registrados desde 2015, como a alta do desemprego, o avanço da pobreza, o corte de beneficiários do Bolsa Familia e o congelamento de gastos públicos.
              Os Portais DIARIO DO JACINTINHO  e o PLANTAO 082, está arrecadando alimentos não pereciveis para montar Cestas Básicas objetivando doar ás familias carentes do bairro.